Portfólio

Minha foto
Salvador, Bahia, Brazil
Seja bem vinda!!! Aqui você encontra um pouco do meu passa tempo e trabalho.

quarta-feira, 23 de julho de 2008

A lição dos porcos 15 de julho de 2008 às 09:56 Durante uma era glacial muito remota quando parte do globo terrestre estiveram cobertos por densas camadas de gelo, muitos animais não resistiram ao frio intenso e morreram indefesos, por não se adaptarem às condições do clima hostil. Foi então que uma grande manada de porcos-espinhos, numa tentativa de se proteger e sobreviver, começou a se unir, a juntar-se mais e mais. Assim, cada um podia sentir o calor do corpo do outro. E todos juntos, bem unidos, agasalhavam-se mutuamente, aqueciam-se, enfrentando por mais tempo aquele inverno tenebroso. Porém, vida ingrata, os espinhos de cada um começaram a ferir os companheiros mais próximos, justamente aqueles que lhes forneciam mais calor, aquele calor vital, questão de vida ou morte. E afastaram-se, feridos, magoados, sofridos. Dispersaram-se, por não suportarem mais tempo os espinhos dos seus semelhantes. Doíam muito... Mas, essa não foi a melhor solução: afastados, separados, logo começaram a morrer congelados. Os que não morreram voltaram a se aproximar pouco a pouco, com jeito, com precauções, de tal forma que, unidos, cada qual conservava certa distância do outro, mínima, mas o suficiente para conviver sem ferir, para sobreviver sem magoar, sem causar danos recíprocos. Assim suportaram-se, resistindo à longa era glacial e sobreviveram. Fala-se muito em trabalho em equipe, porém, sabemos que trabalhar em equipe não é fácil. Tanto aqueles que já estão a muito tempo no mercado quanto os neófitos que estão iniciando agora sua trajetória profissional, sabem que o trabalho em grupo requer muito esforço de cada integrante. Não dá para negar que o trabalho em equipe é fundamental nos dias de hoje, mas, o fato é que muitos pregam o trabalho em equipe, mas na verdade estão visando a si mesmos. Neste caso eles não estão focando a equipe e, sim, estão focando a si mesmos e ai não se trata de trabalho em equipe, mas de trabalho em "EUquipe" Confesso que sou uma pessoa que não tem o hábito de ter muitos ídolos, mas um em especial marcou muito minha vida e com certeza a de muitos brasileiros. Pela primeira vez chorei quando foi anunciada sua morte. Talvez tenha ido cedo demais por ser um espírito de luz que veio aqui para nos ensinar o valor da humildade. Estou falando de Ayrton Senna. Mais importante do que todas as suas conquistas foi o espírito de amor à pátria que ele conseguiu implantar em nosso país, fazendo de nossas manhãs de domingo um motivo de alegria. Poucos valorizaram mais o espírito de equipe do que Ayrton Senna ao dizer: "Eu sou parte de uma equipe. Então quando venço, não sou eu quem vence. De certa forma, termino o trabalho de um grupo enorme de pessoas".

3 comentários:

Thaís Abdala :) disse...

Bom trabalho (:
Parabens pelo blog, depois passa lá no meu :)

- beijos '

Thaís Abdala :) disse...

Bom trabalho (:
Parabens pelo blog, depois passa lá no meu :)

- beijos '

Ellen Regina disse...

Eu já conhecia esse texto do porco espinho... é muito boa para reflexão mesmo.

P.S.: se vc me permitir uma dica, talvez o texto teria ficado melhor de ler se estivesse dividido em parágrafos espaçados pq assim, tudo junto, cansa muito a vista.

:PPP